Quantos pontos colocar???

terça-feira, 17 de setembro de 2013




Gente, essa é a dúvida mais frequente por aqui. É só eu postar alguma receita para começar a receber comentários ou emails do tipo:

"Se eu usar a lã ou linha tal, quantos pontos tenho que colocar?"

"Quantos pontos eu preciso para fazer tamanho maior ou menor???"

"Tenho alguns novelos da lã tal em casa e gostaria de fazer uma xale médio, quantos pontos você acha que devo colocar e quantos carreiras devo fazer???"

E quantos pontos, quantos pontos e... Afe!!!

Tem hora que o povo pensa que eu sou a guru dos pontinhos nas agulhas!!! kkkkkk

Por mais experiência que uma tricoteira tenha, isso não é nada simples de responder. Mesmo eu, quando estou fazendo meus modelos, passo por erros e acertos para chegar ao tamanho desejado. Além do que existe a variação da tensão do ponto de pessoa para pessoa.

Mas o que fazer pra ajudar toda essa galera?

Tem um método bem simples para chegar aos almejados números exatos de pontos para um trabalho. Para isso, a gente precisa de, primeiramente, um pouquinho de PACIÊNCIA para o PLANEJAMENTO do nosso trabalho. Isso mesmo, por que tem gente que pensa que fazer tricô, ou outro trabalho manual, é como mágica com as duas agulhas: basta pegar as ditas cujas para o resultado brotar da cartola, hehehe. Quem já se aventurou um pouco por esse universo, sabe muito bem que planejamento é tudo. Bom, nada de exageros, mas dedicar alguma atenção antes de começar o trabalho é fundamental. Aqui se incluem algumas considerações: ver se o fio empregado é compatível com o resultado esperado, ver se temos a quantidade necessária para a conclusão, ver se temos a agulha indicada, etc. Uma coisa legal de se acrescentar é que se você não tem a lã ou fio indicados na receita, você pode tentar substituir por outro parecido, mas com espessura compatível (entenda: que dê para ser usado com a mesma espessura de agulha, ok?) Dessa forma vai ser mais provável de obter resultado semelhante. Também nesse caso, vai ser bem mais fácil de seguir o que foi proposto, principalmente com relação ao número de pontos.
Mas, vamos supor que você adorou o modelo, mas tem outro fio de espessura diferente na sua casa e quer arriscar a fazê-lo mesmo assim. O que você faz??? O mais fácil, lógico, é enviar a clássica pergunta para a dona da receita: "quantos pontos tem que colocar??"... Não é mesmo? kkkkkk
Pois é, esse é o caminho mais fácil mesmo, mas provavelmente você vai ficar sem resposta, pois a coitada da dona do blog pode nem conhecer o fio que você quer usar, nem saber de bate pronto a quantidade exata necessária para aumentar do tamanho 42 para o 48, né? Nossa, me vi totalmente na posição dessa coitada agora! (Muitos risos, para não chorar, é claro!)

O que fazer então?

Vamos para a segunda coisa: toda tricoteira deve ter sempre à mão a boa e velha amiga FITA MÉTRICA!!!!



Corre lá procurar a sua ou, se não tem ainda, pode comprar uma (é super baratinho e é uma mão na roda!)

Agora vamos ao que interessa: como fazer uma pequena amostra ou esquema.

Com o fio e a agulha a serem usados no seu trabalho, o lance é fazer uma pequena amostra, ou seja, ponha 10 pontos nas agulhas desejadas e trabalhe por algumas carreiras no ponto a ser empregado no seu modelo. Se necessário, adapte o número de pontos para o mais próximo de 10 pontos. Por exemplo, existem receitas que pedem número de ponto múltiplo de 3, então você deve colocar 9 ou 12 pontos, correto?
Faça algumas carreiras, até atingir uns 10 cm de comprimento.

Agora é só você medir a largura desse trabalhinho com a sua fita métrica.
Guarde bem essa medida.

Quer um exemplo?
Você fez uma pequena amostra de 10 pontos e obteve a medida de 8cm de largura.
Então: 10 pontos = 8 cm.
Vamos supor que você quer fazer uma echarpe mais larga, com 50cm de largura. Como usar esses números? Lembra-se da famosa regrinha de três? Vamos lá:



O resultado obtido = 62,5 é o número de pontos que você tem que colocar na agulha para obter um trabalho com 50 cm de largura. Como não é possível colocar meio ponto, podemos colocar 62 ou 63 pontos. Será que deu para entender? Essa é a regra básica para se planejar um trabalho e chegar ao número de pontos desejados.

Para ajudar mais, vamos supor que você quer fazer uma blusa ou bolero ou colete. Nas minhas receitas eu sempre tomo por base a medida do busto, ou seja, a medida obtida quando passamos a fita métrica ao redor do nosso corpo por cima do nosso peito, ok?
No meu caso, o meu busto mede 100cm. Nesse caso, divido essa medida por 2 para chegar às medidas de parte da frente e parte das costas, ou seja, 50 cm de costas e 50 cm de frente. Então, aplicando a medida da amostra acima, para fazer uma parte das costas com 50cm de largura, também terei que colocar 62 ou 63 pontos.
Agora se você é mais magrinha, com busto 94, por exemplo, você vai precisar fazer as suas partes da frente e costas com 47cm. Aplique a regra de 3 para essa medida. Ou seja: x = 10 vezes 47 dividido por 8, resultado 58,75. Então, na medida de 47 cm, serão necessários 58 ou 59 pontos.

Vamos fazer a conta para quem tem 112cm de busto?
Teremos que fazer partes da frente e costas com 56 cm de largura. Então a regrinha ficaria assim: x = 10 vezes 56 dividido por 8, ou seja, x = 70. E chegamos à necessidade de se colocar 70 pontos. Ok?

Bom, espero que tenha ajudado você a encontrar um jeito de saber quantos pontos colocar.

Por hoje é isso.

E vambora tirar as dúvidas nos comentários ou na nossa página no Facebook. Ainda não achou nosso bloguinho por lá?

Clique aqui e curte!!!!



22 comentários:

Eduardo e Fernanda disse...

Menina!!
Obrigada pela boa vontade!
Vou compartilhar no grupo que participo no face!
Beijos!!

Eduardo e Fernanda disse...

Menina!!
Obrigada pela boa vontade!
Vou compartilhar no grupo que participo no face!
Beijos!!

Samantha Gemellaro disse...

Olá Marcia!!! Estou muito feliz de ter encontrado o teu blog! esse artigo me ajudou muito!!! Sou preguiçosa, n gosto de perder tempo fazendo amostras, por isso sempre dá errado... rsrsrrs eu sei, eu sei, sou um bichinho de orelha mesmo!! kkkkkk
Vou dar uma bisbilhotada no blog!
Já estou a te seguir!
Fica com Deus!
Uma beijoca!
Sam
www.tricodasam.blogspot.com

Anônimo disse...

Obrigada! Você é maravilhosa explicando as coisas, e super delicada, tudo bem clarinho e sem brigar com ninguém. Parabéns, isso não é tão fácil de conseguir!
Agradeço as explicações e a lição de cortesia!
Abraços e continue assim.
Teresa
teresa_0001@hotmail.com

Irma e Jô Fios e Lar disse...

Boa tarde, Marcia!
Essa idéia da amostra é muito importante, e embora às vezes tenhamos uma preguicinha de fazer, querendo partir logo pra peça inteira, vale a pena dedicar um tempinho pra fazer a amostra e calcular o numero de pontos e até as carreiras num trabalho. Se gasta uns minutos mas depois não tem erro!
Tu tem ótimas idéias postadas aqui, já adicionei tua página às sugestões do meu blog.
Beijocas
http://irmaejomodatricotecrochet.blogspot.com.br/

Irma e Jô Fios e Lar disse...

Ah, estou seguindo teu blog como Jô Merheb pq não sei como alterar para seguir com o perfil do blog. O_o

Rosangela disse...

Obrigada pela aula.
Beijo.

Ângela disse...

Obrigada pela ajuda com os pontos!
Gosto demais do seu blog.
Parabéns pelos seus lindos trabalhos!

Ana Paula Mendes disse...

Excelente matéria!
Parabéns!

Ana Paula Mendes

Candinha disse...

Você foi bem didática nesta explicação, não tem erro, mesmo para as iniciantes na arte terapêutica do tricô. Obrigada pelo desprendimento em compartilhar o seu conhecimento. Sucesso e que Deus te proteja muito...

Sandra disse...

Parabéns Marcia pela sua dedicação e clareza para explicar as receitas. Essa parte de colocar os pontos foi fantástica, porque você mostrou nos mínimos detalhes, confesso que já tinha lido em outros lugares como fazer, mas com você não teve erro. Agora até em animei para começar uns projetinhos.

Valeu!!!

Bjos

Bianca silva disse...

Lindaaa. Obrigada.

Mari hg disse...

Bom dia estou começando fazer tricô através de vídeo aula. Mas meu grande problema....minha medida pois tenho 85 de busto. Felizmente hoje encontrei essa página. Amei entendi como devo fazer. Muito obrigada. :)

Andressa Moretto disse...

Muito obrigada, ajudou muito!! Explicou de maneira simples e precisa.
Já estou seguindo! Beijos!

http://espelho-de-prata.blogspot.com.br/

Roseli Alves disse...

gostaria de agradecer por ensinar esta arte maravilhosa bjs

Valsh disse...

Gostaria de agradecer sua boa vontade em não só explicar sobre aumento de pontos, como me fazer recordar a regra de 3. RSrs. Abraços e parabéns. Vou acompanhá-la pelo Face.

Maria Emilia Lira disse...

muito obrigada pelas explicações, sanou todas minhas dúvidas. Parabéns pela delicadeza!

Anônimo disse...

muito obrigada pelas explicações.
Sanou todas minhas dúvidas, vc é muito gentil e didática, parabéns!

Unknown disse...

olá, sempre tomei como base a largura dos quadris que é por onde normalmente começam os trabalhos, nunca tive problemas com essas medidas. Porém, comecei agora uma blusa com uma barra 1x1 bem alta até próxima ao busto e daí continuei em ponto meia. O trabalho na parte do meia ficou enorme, muito largo, vou ter que refazer essa parte. Acho que essa dica da medida do busto vem bem a calhar nesse meu caso. Foi uma excelente dica, obrigada!

Telma Rimes disse...

Boa tarde! Suas informações foram muito úteis, já que não tenho a menor experiência e me esclareceu muita coisa Parabéns! E obrigada!

Telma Rimes disse...

Boa tarde! Suas informações foram muito úteis, já que não tenho a menor experiência e me esclareceu muita coisa Parabéns! E obrigada!

Angela disse...

Finalmente alguém me explicou sem muita conversa o que para mim era uma grande dor de cabeça!
Muito obrigado!
Abreijos!
Angela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blender DMP

Retornar ao TOPO