Luva sem dedos... versão Tricô&Afins

segunda-feira, 29 de junho de 2015





Dia desses deparei-me com alguns modelos lindos de luvinhas sem dedos e me encantei. Ah! Quero uma pra mim! Saí a procura de alguma receita simples e nada! Tudo muito complicado, usando agulha circular ou então jogo de 5 agulhas. Será que é só dessa forma que dá para fazer??? Não pode ser!!! Preciso encontrar um jeito mais simples!




Escolhi uma lã bem fofinha e linda, a Jackard da Cisne (coleção 2014). E "bora" tricotar! Não sei se você vai achar esse fio aí na sua cidade. Caso não encontre, pode substituir por Sedificada/Pingouin ou outro fio que seja compatível com agulhas 6,5. Também acho que vai ficar um charme se for feita com mais de uma cor para dar o efeito de listas. Bom, use sua imaginação ok?




Lá vai a receita da luvinha a minha maneira...




Material:
1 novelo de Jackard/Cisne (100 gramas)
Agulhas número 6,5
Agulha tapestry para costurar tricô

Modo de fazer:
Coloque 30 pontos e trabalhe da seguinte maneira:
 - Quatro primeiras carreiras em ponto tricô.
 - A seguir faça ponto meia no direito e ponto tricô no avesso por 29 carreiras.
 - Agora, mais quatro carreiras de tricô.
 - Continue com mais 15 carreiras de meia no direito e tricô no avesso.
 - Chegou a hora de fazermos o espaço para o dedo polegar. Assim: faça 12 meias, 6 tricôs, 12 meias. A carreira seguinte (do avesso) é toda em tricô. Próxima: 12 meias, arremate os 6 pontos seguintes e tricote em meia os 12 pontos restantes da carreira. Você ficará com 24 pontos nas agulhas, certo? O restante do trabalho segue com eles. Faça 7 carreiras de meia no direito e tricô no avesso.
 - Para concluir, faça mais quatro carreiras em ponto tricô.
 - Arremate os 24 pontos e costure as laterais do trabalho para formar um tubo. Faça outra parte exatamente da mesma maneira e está pronto o seu par de luvas sem dedos!




Elas ficaram bem quentinhas e muito boas para quem precisa estar com os dedos livres para teclar, crochetar ou fazer outra atividade manual. Eu adorei, e você?


Quero agradecer a minha amiga Renata Alcântara Sabella por ter cedido suas lindas mãozinhas para o nosso ensaio fotográfico rsrsrs. Obrigada querida modelo! Você arrasou!!! 



Colete Magie

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Junho é mês de festa por aqui. São sete anos do Tricô&Afins e muitos motivos para comemorar. O principal deles é a alegria em compartilhar meus tricozitos com todos vocês. E a partir disso, conhecer pessoas, fazer amizades e aprender. Isso mesmo! Eu passo adiante o que faço e também aprendo muito. Quer coisa melhor??!!

Para abrir os trabalhos desse mês especial, trago meu último colete. Saiu das agulhas agorinha e ainda estou encantada com o resultado. Na simplicidade de sempre a gente pode fazer peças que não parecem tão simples assim, não é mesmo?
Olhem só!




O detalhe dessa vez veio na abertura frontal e nos botões.




Eu gostei muuuuuito!




A peça toda ficou bem "chiquetosa", né? 




Usei o fio Magie, da coleção 2015 da Cisne. Então, se quiserem fazer igual, podem correr para comprar seus novelinhos.




Alguém aí vai querer a receita??? Tá aqui:



 



Fiz a peça de uma vez só, para ficar sem costura nos ombros. Pode ser que isso complique um pouco a compreensão dos menos experientes. Mas vamos lá minha gente! Quando a gente quer a gente corre atrás!!!




Se não entenderem a parte de arrematar os 12 pontos de uma só vez, depois repor os 6 e trabalhar as partes em separado, sugiro que perguntem para uma amiga um pouco mais experiente ou até corram atrás de um curso na sua cidade. Gente, quanto mais vocês aprenderem de técnicas, mais coisas lindas conseguirão fazer.




Outro detalhe importante: meu trabalho ficou tamanho P. Então atenção ao número de pontos e quantidade de novelos. Qualquer coisa maior que P vai exigir mais lã e mais pontos na agulha, ok? Para aumentar pontos, lembrar-se que o ponto empregado nesse colete dever ser sempre múltiplo de 3.
Algumas sugestões de quantidade de pontos para tamanhos maiores:
TAMANHO M - COLOCAR 36 PONTOS
TAMANHO G - COLOCAR 42 PONTOS

Gente, são sugestões, ok?
Para fazer uma prova de quantos pontos colocar, clique AQUI e veja como eu faço.




Por hoje é isso pessoal!
Espero que o mês de junho seja fantástico para todos!
Beijos e inté mais ver!!!



Colete Sierra

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Os coletes são peças bem legais de serem usadas no outono. Esquentam na medida do necessário. Se esfriar mais é só colocar uma jaqueta ou casaco por cima. O modelo de hoje tem uma gola rolê mais volumosa, que para ser feita é simples de tudo. Olhem só!




Tricotei com um fio da Cisne/Coleção 2015 chamado Sierra. Ele é bem espesso e muito gostoso de trabalhar. Utilizei 4 novelos de 100 gramas para fazer essa peça tamanho 40-42. 





Usei agulhas número 9.





Modo de fazer:
Coloque 42 pontos nas agulhas e trabalhe por 55cm no ponto 1 tricô, 1 laçada, 2 juntos em tricô. Ao atingir essa medida, arremate 6 pontos de cada lado de uma só vez para formar os ombros. Trabalhe os 30 pontos que sobram por mais 24cm da mesma forma (1 tricô, 1 laçada, 2 juntos em tricô). Arremate.
Faça outra parte idêntica a essa.




Agora é só costurar uma parte na outra para ter o seu colete com gola rolê.




Modo de costurar: coloque uma parte sobre a outra e costure lado com lado, deixando o espaço para a cava (espaço para entrar os braços). Depois costure os ombros e as laterais da gola.




Detalhe do ponto e do brochinho que fiz para enfeitar a gola.








Espero que gostem!
Inté!





Pelerine Lolita

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Dias com temperaturas mais amenas e fios novos chegando... combinação perfeita. Foi fácil escolher uma cor bem linda, pegar as agulhas e começar a fazer esse modelo que me encantou. Vi a foto em um site estrangeiro de venda de peças prontas e arrisquei a fazer um para mim.



Fiz uma parte em ponto barra 3t/3m e depois várias carreiras em correntinhas de crochê.




E para dar o "tchan!" final, franjas!!!







Vamos à receita do que eu fiz? Olha só!

Material:
3 novelos de 100 gramas de Lolita/Cisne Coleção 2015
agulhas de tricô número 6,5
agulha de crochê número 4,0

Execução:
O trabalho começa pela parte de tricô. Monte 116 pontos e trabalhe da seguinte forma: 4t * 3m, 3t, 3m, 3t*  4m. Importante: fiz quatro pontos no início e no final para ficar com uma costura legal no arremate da peça. Trabalhar dessa forma por 30cm. Arrematar. Outra dica: coloque os pontos e arremate de forma a deixar o seu tricô com elasticidade, pois a peça vai ter que entrar no seu corpo. Após arrematar, costure lateral com lateral. 




A seguir, pegue a agulha de crochê e faça o bico de correntinhas assim:
5 correntinhas, 1 ponto baixo, 5 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
6 correntinhas, 1 ponto baixo, 6 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
7 correntinhas, 1 ponto baixo, 7 correntinhas, 1 ponto baixo por duas carreiras
8 correntinhas, 1 ponto baixo, 8 correntinhas, 1 ponto baixo por quatro carreiras

Corte franjas de 30cm e amarre de quatro em quatro fios em cada arco de correntinhas da extremidade.




 Espero que gostem e se aventurem a fazer também.

Beijos e inté!



Coelho de tricô... Own!

segunda-feira, 30 de março de 2015



A Páscoa vem chegando e não tem como não se apaixonar por bichinhos fofos, ovinhos e decorações mimosas. Para nós que amamos as duas agulhas, encontrar um lindo coelhinho de tricô por aí é mais apaixonante ainda. E se ele for bem fácil de fazer então? Aí a gente morre de amores mesmo. Foi o que aconteceu com esse carudinho aqui. Desde a primeira vez que vi o trabalho, me encantei. Primeiro por sua simplicidade, depois pelo resultado. Adoro essas ideias que o povo tem que parece difícil mas não é. E nessa hora, a gente tem que compartilhar. Afinal, todo mundo pode se aventurar, por a mão na massa e conseguir fazer. Antes de contar onde eu aprendi, vou exibir mais um pouco o meu mais novo mascotinho.








Será que vocês gostaram dele???








Para quem se derreteu de amores como eu, vai lá no Jo So & Sew para aprender. Clique aqui e veja como é fácil! Dá para fazer de várias cores e com vários adereços. Dá para decorar a casa ou dar de presente. Dá para complementar cestas e valorizar o seu trabalho. Usei lã Mollet no meu, mas pode se aventurar em aproveitar sobras. Enfim, aproveite para curtir e fazer a coelhada se multiplicar!

Beijo a todos que passam por aqui.
Tenham uma Páscoa abençoada!!!






Para celebrar a chegada do Outono

sexta-feira, 20 de março de 2015




Que venha a estação mais gostosa do ano para tricotar e crochetar. Seja bem vindo Outono!!!!
Venha com suas cores, com seus ares mais frescos, com seu pedido de mais aconchego e proximidade. Venha nos brindar com as noites que chegam mais cedo, com seus desejos de mais calor no corpo e na alma. É a minha estação preferida, que sempre me brinda com mais criatividade e vontade de mexer com meus fios e minhas agulhas.




Dessa vez, consegui tirar da famosa "caixa de ideias" um projeto que há tempos estava engavetado: fazer uma guirlanda com os restinhos de fios que eram da minha amada avó materna. Sobras de delicados fios que passaram por suas ágeis mãozinhas. Matutei muito para arrumar um nobre final para eles. Queria tentar eternizá-los em algo que fosse delicado e singelo, assim como as doces recordações que tenho da Vó Dita. 
Enrolei as sobras dos fios sobre bolinhas de isopor de dois tamanhos diferentes que depois foram presas ao redor de um bastidor redondo encapado com tecido de algodão. A seguir vieram as delicadas pérolas, as agulhas de bambu, os fuxiquinhos de crochê e de renda guipir. Tudo meigo e carregado de saudade...
Fiquei satisfeita demais com o resultado. Meu coração se alegrou ao mexer com todo esse material carregado de saudade.



E assim, começa o meu outono deste ano.
Espero que você também possa tocar aquele projeto estacionado e que consiga chegar a um final feliz para ele... e para você também!

Bom Outono!




Tô viva e fazendo crochê!

segunda-feira, 2 de março de 2015


Quando faço coisas que eu gosto, encontro forte motivo para vir aqui e compartilhar com vocês. Sou sincera em dizer que o verão me afasta um pouco das minhas manualidades. Faço uma coisica ali outra acolá mas nada assim tão interessante. Muitas vezes nem fotografo e daí não tem como mostrar mesmo. Mas como os ares de outono começam a soprar, as agulhas voltam a me chamar... e começamos a conversar novamente.
Cores escolhidas e mãos à obra. Carreiras e mais carreiras vão dando forma ao que está só em pensamento. E para sair da mesmice, as voltinhas foram repaginadas e não viraram tapetinho. Foram parar na mesa, como descanso de panela ou simplesmente para fazer uma graça e encher de mimos uma mesa de chá ou café da tarde.


 Crochetei com o fio Barroco Círculo e agulha número 4,0. Usei três cores diferentes, com um contraste legal. Duas mescladas, amarela e laranja, e uma cor lisa, o verde abacate.


Fiz círculos de aproximadamente 25cm de diâmetro, em carreiras de pontos altos e pontos baixos. Finalizei com uma carreira de biquinho bem simples.


Para dar mais forma e estrutura aos meus descansos de panela, forrei os círculos de crochê com feltro.









Dessa forma, rodando as voltas que a vida dá, vira e mexe, inventando e repaginando a gente retoma o que gosta de fazer. Fica feliz com o resultado e segue adiante. Sempre!!!

Feliz por voltar a falar com vocês por aqui.
Inté!



Golinha de babados

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Eu gosto de passar adiante o que eu faço e gosto mais ainda de aprender com as amigas que partilham o gosto pelos fios e agulhas. Essas peças que mostro hoje, foram feitas a partir de um modelo que uma colega criou, a Josimar, do blog Artes da Josimar.










Feitas com os fios de babado, essas golinhas ficam um charme e podem ser usadas mesmo que não esteja muito frio. O modo de fazer também é bem simplificado e para melhorar mais ainda tem até um vídeo ultra explicativo. Dá uma olhada nisso:





Eu já fiz várias, com fios de babado diferentes. Todas ficaram ótimas! Espero que vocês também gostem!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blender DMP

Retornar ao TOPO