As mulheres e o tricô

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Fico imaginando como deve ter surgido a primeira tricoteira. Com certeza a necessidade foi a mãe da invenção: encontrar maneiras para se aquecer e se proteger do frio. Mãos hábeis a usar agulhas feitas de ossos ou madeira para tecer fios.
Desse tempo inicial até hoje, muita coisa já aconteceu e as mulheres mudaram um bocado. O bom e velho tricô continua o mesmo, firme e forte, com seus pontos e técnicas para fazer blusas, mangas, decotes e cavas; casaquinhos, sapatinhos e meias; os pontos são variações dos mesmos temas, mas as donas das mãos que seguram as agulhas...
Sabe por que estou falando isso? Na semana passada, coincidentemente, duas amigas vieram me mostrar duas revistas de tricô antigas, uma portuguesa e outra francesa.
Olhe umas fotos que selecionei da revista portuguesa:




Agora, veja algumas páginas da publicação francesa:




E agora, só para atualizar, fotos do editorial de moda da Revista Manequim deste mês:



E aí, vamos "tricotar" sobre essas imagens?
Quem se arrisca a dizer o ano das publicações antigas?
E a pergunta que não quer calar: quem mudou mais, nós ou o tricô???


8 comentários:

Teresa Agrello disse...

Ahhhh Marcinha, certamente nós mudamos demais... o tricô, pelo que podemos ver continua super atual... mesmo os antiguinhos.

Pena eu não me ajeitar com essas agulhonas... devia procurar um psicomotricista... rsrsrs

bjins

CANTINHO DOS BORDADOS disse...

Bom Dia,
Obrigada pelo carinho e pela visita,minha linda!!
Bjs e bom final de semana,
Sandra Coatti

disse...

Interessante... sabe que gostei mais da revista francesa do que a de hoje? é da década de 50/60 ou tou nadando na maionese? rss
bjinhos

Carla disse...

Nossa, que postagem! As imagens, então, dão força às palavras que você escolheu para tecer um fio tão delicado de reflexão.

Realmente, as revistas não mudam lá tanto... São variações de um mesmo tema, o tricô também parece ter mudado pouco. O que se vê nas revistas antigas, tanto a portuguesa quanto a francesa (parecem ser dos anos 40, no máximo, a lusitana; e dos anos 70, a outra) são poucas mudanças. Isso se fortalece quando vemos a revista atual. Mudam os cortes de cabelo, os estilos de foto, os padrões de beleza e, como sabemos, a tecnologia dos fios, mas continua lá o tricô quase como sempre. Acho isso maravilhoso, notável! Em um mundo que vive se modificando - nem sempre para melhor - temos o luxo de manter algumas poucas coisas quase intocáveis, como o tricô, para nos dar a serenidade do conhecido, do familiar.

Acho que além da necessidade de aquecer as pessoas e vestir, o tricô acabou servindo para outra finalidade: o de aquecer e amainar nossas almas do terror que a mudança constante e a incerteza são. Faço minhas as palavras do Sheldon (um nerd engraçadíssimo, cheio de manias como eu): "Todos dizem que mudanças são bons, mas, na verdade, não são". E nesse mundo, eis que está lá o tricô, firme, forte, confiável, macio e quentinho! (Nossa! Quase pareceu comercial de café, não? hahahahaha! Se não fosse pelo "macio", eis que até se poderia ter como comercial de qualquer marca de café, que, afinal, também nos dá alento.)

Márcia, já achava você uma pessoa inteligente, depois dessa postagem, tenho mais do que certeza de que, sim, você É inteligente! Que reflexões, que mundo de ideias você me provocou, menina! Obrigada pela postagem reflexiva, pela beleza das imagens, pela torrente de pensmentos que me provocou.

Luciana F. Damiano disse...

Oi Márcia, não vou me arriscar a dizer o ano das publicaçãos, pois sou péssima para datas, mas o bom é que saber que podem passar os anos e as mulheres continuam tricotando peças maravilhosas como essas que vc postou.

bom domingo pra vc,
bjs
Lu

Carla disse...

Que delícia de visita, a sua, Márcia. E paremos de nos "acusar" de inteligentes. Você é e pronto. u.u Nem adianta teimar porque ser teimosa é uma das minhas características mais notáveis. hahaha!

Além de inteligente (viu, viu!), você é tremendamente sensível e delicada. Poxa, como eu disse, que bom é ter blog! A gente encontra pessoas raras, maravilhosas como você.

Carla disse...

Márcia, encontrei o endereço do fórum de tricô que uma vez lhe disse que é maravilhoso. O nome dele é Montricot (e poderia ser outro? hahaha!). Se quiser, dê uma passada por lá:

http://groups.google.com/group/montricot?hl=pt-BR

Para se inscrever, é necessário enviar um e-mail para o dono do fórum dizendo por que deseja entrar para o grupo (dã!). O e-mail dele deve estar lá na página principal. O fórum é um "Google Groups". Faça uma visitinha. Espero que você goste.

Lucy disse...

Oi Márcia.
Faço crochê e tricô a mão e a máquina.
Gostei muito de seu blog.
Parabéns.
Boa semana para você.
Beijos Lucy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  © Blender DMP

Retornar ao TOPO